quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Retalhos de Uma Vida

" ... Lamento se não tenho o corpo que desejas e procuras e vês nas outras !
Lamento por não ter a pele como uma rapariga da tua idade e ter as marcas de uma vivência vincadas num rosto, que já tanto riu como chorou.
Lamento por só saber gostar por inteiro e não me dar por metades, e de mesmo assim, ser chamada de "otária" por me ter deixado enganar, tudo porque apenas gostava de ti.
Posso até lamentar isso tudo, mas acima disto, lamento muito mais por ti, pois um corpo, emagrece ou engorda até se poder tornar "perfeito" (ainda gostaria que me dissessem qual o conceito de perfeito para um corpo).
Lamento por ti, pois uma cara vincada de experiências coloca por chão todo e qualquer rostinho oco e vazio e em que uma cirurgia resolve e apenas serve de "retoque" !
Lamento por ti que ainda não tenhas aprendido a saber gostar com a verdadeira intensidade que o verbo carrega em si ! Sem magoar, sem ser cruel ...
Mas acima de tudo, lamento por ti e muito, por me teres perdido, por não teres conseguido que eu ficasse a teu lado e partilhasse mais marcas no rosto, uma roupa mais larga ou a tristeza de uma mais apertada, mas de teres ficado para partilhar !
Lamento por ti, por agora teres de viver sem mim ! ..." _______ in, Retalhos de Uma Vida (Rossana Rebelo 2015)

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

O Teu Perfume ...

E afinal as palavras "Gostar e Amar" são tão efémeras como o cheiro de um perfume ... primeiro arrebata-nos com a sua intensidade, depois deixa-nos inebriados com a doçura do seu aroma e por fim, desvanece-se com o tempo até que desparece .... perdendo a sua força, características e forma que nos fez acreditar que ali, naquela pessoa, naquele olhar, sorriso, beijo e toque, estaria a essência que cobriria a nossa pele ! ...

Autora: Rossana Rebelo _ 18/12/2014

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Se Calhar ...

Se calhar meu mal é ser intensa ...
Intensa como a essência de um perfume
Intensa como um furacão que tudo arrasta e leva à frente
Ou simplesmente intensa na doçura e forma como olho.
Se calhar meu mal é não me dar pela metade,
Pois "ser-se" metade a mim não faz sentido, 
Não me serve e muito menos me "veste".
Se calhar meu mal é criar expectativas
Expectativas de sonhos, de palavras e actos,
Dos quais apenas eu vejo o que quero, 
E que em nada se aplicam à realidade.
Se calhar meu mal é ser sincera
Tão sincera que as palavras por vezes cortam
Tão sincera que sei que magoo.
Se calhar meu mal foi ter-me apaixonado por palavras e não por actos
Ter acreditado em sons e não no que podia ver
Se calhar meu mal é acreditar !!
Se calhar meu mal foi-te gostar !!

Autoria: Rossana Rebelo _ 28.05.2014

Porque Há Dias Assim ...

Porque há dias em que o sim se transforma em nao sei, e todas as certezas em dúvidas !
Porque há dias em que a tristeza invade o peito sem motivo, e os sorrisos passam a lágrimas !
Porque há dias em que a explicação e sentido das coisas, faz tudo menos sentido !
Porque há dias em que o ponto de interrogação é a certeza das ideias ...
Porque há dias em que até a mais leve brisa nos magoa !
Porque há dias em que a nostalgia preenche o peito e cega a esperança que existe !
Porque há dias em que nada parece dar certo, e o bom que existe fica invisível !
Porque há dias em que temos que baixar a armadura e ser de carne e osso ... 
Porque há dias em que simplesmente, temos que ser "humanos" !!
Porque há dias assim ...


Autoria: Rossana Rebelo _ 02.05.2014 

Eu Acredito !

Eu acredito que nada acontece ao acaso.
Acredito que tudo o que parece ser mau tem um fundo de aprendizado necessário, para que o próximo passo seja para melhor e, sempre é para melhor...
Acredito que portas não se fecham se não houver portas maiores e melhores abertas à frente, basta que nossos passos, cabeças e olhos sigam essa direção.
Acredito que o que ficou para trás, se foi mau pode servir de aprendizado, mas não deve ser mantido por muito tempo na memória e de jeito nenhum em nossos corações; se foi neutro pode ser colocado de lado, mas não se deve perder tempo com o que nada significou; e se foi bom deve ser lembrado docemente e pode até ocupar algum espaço em nossos corações, até porque, coisas boas trazem bons sentimentos, mas, olhar o tempo todo para trás não é bom, quando menos se espera estamos diante de um muro que não nos deixa avançar.
Acredito que a vida deve ser desfrutada, não aceito nem tão pouco permito que minha passagem por esse belo Planeta Azul seja insignificante.
Acredito que tudo se paga -> bem fazes, bem recebes -> Lei do Retorno.
Acredito que o segredo da vida está em não deixar de ACREDITAR!!!!!!!!


Autoria: Rossana Rebelo *

Bem Querer *

Entraste em minha vida como uma brisa, sem que eu desse conta e saiste dela como um furacão ...
Levaste contigo por breves instantes meu sorriso e minha cor.
Agora ... agora que voltei a ter o arco-íris nos olhos e a saber dizer "sim" a outro alguém, 
Tu manténs-te alerta para me puderes tentar tirar o chão com um simples "olá" teu ...
Mas confesso, tanto desejei, que neste momento já não sei se o quero mais.
Sim, não quero mais o teu "olá", e nem te quero mais.
O teu sorriso a mim já não me enfeitiça, 
O teu olhar já não me seduz,
Sim, já não quero e não te quero mais.
Nunca nada foi prometido, mas quando se gosta, até um simples sorriso é uma promessa de uma vida !
E tendo este pensamento por base, de tantos sorrisos que me deste e trocamos, eu seria tua o resto de uma vida.
Mas agora, já não quero ... já não te quero, escolhi-me a mim e a quem me estima.
Pena que só valorizes depois da perda, em que nada voltará a ser igual.
Lamento por ti, e não por mim ...
Mas agora ?? .. agora já não te quero !


Autoria: Rossana Rebelo *

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Vidas Paralelas

Já sofreste ? eu também
Já foste enganado pelo amor ? eu também
Já te decepcionaste quando o que querias era acreditar ? eu também
Já te sentiste morrer por dentro ? eu também
Já choraste lágrimas de sangue do sofrimento cortar teu peito ? eu também
Já tiveste momentos em que simplesmente deixaste de acreditar ? eu também 
Já te sentiste sem forças para seguir em frente ? eu também
Já tiveste vontade de te pintar a preto e branco, quando te pediam cores ? eu também
Já tiveste vontade do silêncio e o que te rodeia é o barulho ? eu também
Já deixaste de sorrir ? eu também ...

E nem por isso deixei de tentar, deixei de acreditar que existe alguém como eu, alguém verdadeiro, de peito aberto e com tanto como eu para dar e receber. 
Mesmo com medo não deixei de sonhar e de ir atrás do que é meu de direito ... E nem por isso impedi que lutassem por mim ou me impedi de lutar por ti ! ...
Agora, se tu não te permites viver, sonhar, sorrir e voltar a acreditar porque teus medos são mais escuros e opacos que a luz que teima em passar .. aí então ... acredito que vivamos em mundos paralelos.


Autoria: Rossana Rebelo *